Conteúdo sindicado
Turquia
Polícia turca usou gás lacrimogêneo e balas de borracha para dispersar manifestantes em Istambul.
28/06/2015 - Turquia/ repressão

Polícia reprime Parada Gay na Turquia, de maioria muçulmana

A polícia de choque reprimiu com violência uma Parada do Orgulho Gay no centro de Istambul (Turquia), fazendo uso de gás lacrimogêneo, bolas de borracha e jatos d’água para dispersar os milhares de manifestantes, que realizavam uma marcha pacífica neste domingo (28). A reação policial ocorreu no momento em que os participantes gritavam slogans contrários à política conservadora do presidente turco.

França  : medidas  a  favor das PME
09/06/2015 - Revista de Imprensa

França : medidas a favor das PME

Em destaque nas edições de hoje: as medidas económicas do governo francês para  ajudar  as  PME, a tensão entre migrantes e as forças da ordem em França, a União Europeia , o FMI e a dívida grega, o futuro da cena política turca após o fracasso parcial do partido islamo-conservador do presidente Recep Tayyip Erdogan, a oposição síria que procura uma solução política ao conflito que assola o país e  Melody Gardot a  humanista  do Jazz.

O resultado das eleições legislativas na Turquia fragiliza o presidente islâmico-conservador, Recep Erdogan.
09/06/2015

Resultado de eleições inicia era de incertezas na Turquia

O recuo do partido AKP, no poder na Turquia, nas eleições legislativas realizadas no último domingo (7) é analisado pelos jornais franceses desta terça-feira (9). O resultado fragiliza o presidente islâmico-conservador, Recep Tayyip Erdogan, e anuncia um período de incertezas no país, dizem os jornais.

Eleição democrática na Turquia derrotou projeto ditatorial
09/06/2015 - O Mundo Agora

Eleição democrática na Turquia derrotou projeto ditatorial

Às vezes – nem sempre – eleições democráticas conseguem derrotar projetos de poder ditatoriais. Aconteceu na Turquia.
  Turquia:  Erdogan  face  ao revés
08/06/2015 - Revista de Imprensa

Turquia: Erdogan face ao revés

Em destaque nas edições de hoje: as eleições turcas e o fracasso parcial de Recep Tayyip Erdogan, o G7 na Alemanha, o rescaldo do congresso do partido Socialista francês, o braço de ferro entre a Grécia e os seus credores e a Líbia à procura da sua reconciliação.

Erdogan perdeu a maioria absoluta no Parlamento turco.
08/06/2015 - Turquia

Eleições turcas: um forte revés para o projeto conservador islâmico de Erdogan

As eleições legislativas na Turquia representaram um forte revés para o Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP), do presidente Recep Tayyip Erdogan, que saiu vencedor, com pouco mais de 40% dos votos, mas que perdeu a maioria no congresso. Uma queda que contrasta com o bom desempenho do partido pró-curdo HDP, sigla para Partido Democrático dos Povos, que conquistou inéditos 13% dos votos.

O presidente Recepp Tayyip Erdogan acena para apoiadores na chegada à sessão eleitoral
07/06/2015 - Turquia/Eleições

Partido de Erdogan vence eleições, mas perde maioria na Turquia

O projeto do presidente turco Recepp Tayyp Erdogan de se outorgar plenos poderes ficou mais distante neste domingo (7). O Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP, na sigla em turco), de Erdogan, venceu as eleições legislativas, mas não obteve a maioria absoluta, necessária para mudar a constituição e transformar a presidência no principal cargo executivo do país.

O presidente Recep Tayyep Erdogan com seu voto na mão, nas legislativas deste domingo, 7 de junho de 2015.
07/06/2015 - Turquia/Eleições

Eleições legislativas deste domingo são prova de fogo para presidente Erdogan

Neste domingo (7), cerca de 54 milhões de eleitores vão às urnas para renovar o Parlamento do país, em uma votação crucial para o futuro do presidente Recep Tayyip Erdogan (AKP), há 13 anos no poder, que espera reforçar sua contestada dominação no país. Neste ano, um novo rival pró-curdo surge no cenário político e ameaça a maioria do poder.

Caos se instaura em comício do partido pró-curdo HDP após explosão da segunda bomba
06/06/2015 - Turquia/Eleições

Turquia confirma que explosões em comício do HDP foram atentado a bomba

A Turquia encara neste domingo (7) eleições que prometem ser as mais apertadas - e tensas - da última década. Neste sábado, autoridades judiciárias confirmaram que as explosões que mataram duas pessoas e feriram mais de cem durante um comício do partido pró-curdo HDP (Partido Democrático dos Povos, de esquerda) na sexta-feira (5), foram um atentado a bomba.

Jovem ferido é carregado após explosões durante campanha do Partido Democrático dos Povos em Diyarbakir, em 5 de junho de 2015.
06/06/2015 - Turquia/Eleições

Explosões em comício encerram campanha eleitoral na Turquia

Às vésperas das eleições na Turquia para a renovação do Parlamento, em que o partido do poder AKP corre o risco de perder a maioria absoluta, duas explosões mataram duas pessoas e feriram mais de cem durante um comício eleitoral do Partido Democrático dos Povos, da oposição curda. As causas das explosões ainda não foram identificadas.

Close